Pages Navigation Menu

Foco Empreendedor na Internet

As bases da Administração

A tarefa de administrar exige do administrador pleno conhecimento dos fatores que envolvem o exercício da administração.

Não é a toa que 38% das micro e pequenas empresas declaram falência e encerram suas atividades antes dos dois anos de vida. Vou mais além, 62% delas estarão fechadas antes dos cinco anos de existência, segundo o SEBRAE-SP. O principal fator que contribui para este alto índice de mortalidade empresarial está na sua má administração, claro que podem haver exceções, mas no geral, o problema consiste em como são administrados.

A administração é: “…o processo de tomar decisões e alcançar ações que utilizam recursos para alcançar objetivos.” (Maximiano, A. C. A.)

Lá no primeiro semestre de ADM, todos aprendemos na aula de Teoria Geral da Administração alguns conceitos sobre as bases da administração. Um deles são os três pilares: Objetivos, Recursos, Decisão.

Os três pilares da Administração

Objetivos

Administração

Littauer Center of Public Administration, Harvard University.

São o Norte da empresa, não devem ser confundidos com as metas, que não são mais do que números a serem alcançados a curto prazo como as cotas de produção, número de vendas, novas adesões, etc. O objetivo é mais abrangente, por exemplo, é a posição que desejamos ocupar no mercado nos próximos anos, são os rendimentos pretendidos em um determinado prazo, é a adquisição relevante de bens duráveis e imóveis.

Recursos

Os recursos têm a ver com os fatores de produção disponíveis: mão de obra, local, matéria prima, capacidade de gerenciamento e capital financeiro entre outros.

Decisão

A decisão esta dividida em quatro partes:

Concepção

É o conhecimento. Saber como funcionam todos os níveis hierárquicos do processo de produção e a tecnologia aplicada na execução de cada tarefa é fundamental para uma boa administração. Com a falta de conhecimento o empreendimento esta fadado à falência. Cedo ou tarde. Mais cedo que tarde.

Percepção

Aprender a perceber como se comporta a empresa, o mercado, os funcionários e os clientes é uma das melhores ferramentas de administração. Neste aspecto, não só deveremos atentar para os aspectos técnicos relacionados à empresa, mas também aos emocionais ligados às pessoas.

Cenário

É preciso avaliar o entorno. No mundo empresarial não podemos estar à deriva de surpresas indesejadas. Temos que calcular muito bem cada passo que vamos dar. Sabemos que não é possível eliminar todos riscos, mas conhecendo o cenário que nos rodeia, poderemos pelo menos minimizá-los.

Decisão

Com todos os coceitos anteriores rigorosamente observados, é o momento de tomar a decisão. Contagiar a equipe e quantificar custos e prazos.

E não é só isto, depois de tomar as decisões, será necessário aplicá-las, verificar o seu desenvolvimento e agir conforme os resultados forem aparecendo. Aqui entramos em outra questão, o PDCA, assunto que tratamos no post “PDCA – Foco na melhora contínua”. Sugiro sua leitura complementação deste texto.

Antonio Martins Jr. – já publicou 192 posts neste blog.Futuro bacharel em Administração e fundador do Enfoquenet; Freelancer em webdesign com ênfase em WordPress desde 2004; Gerente de campanhas de Links Patrocinados no Google Adwords desde 2011; Gestor de conteúdo online.

Comente aqui

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>