Menu de Páginas do Blog

Gestão | Empreendedorismo | Carreira

PDCA – Foco na melhora contínua

Quero dedicar esta entrada a todos os empreendedores, iniciantes ou veteranos. Antes porém, devo deixar claro que a referência vai além da pessoa do patrão, do comerciante, do negociante. Aqui estão incluídos todos os que, de certa forma, estão comprometidos com resultados. Um blogueiro, por exemplo, almeja o aumento da audiência de seu blog e/ou  obter algum rendimento real com a sua atividade online. Isto, tecnicamente, o torna um empreendedor.

O PDCAPlan, Do, Check, Act ou Planificar, Executar, Verificar e Agir, pelas suas siglas em Inglês, é um ciclo de desenvolvimento focado na melhora contínua. O sistema foi criado por Walter A. Shewhart, mas amplamente implementado e divulgado por W. Eduards Deming e consiste em acompanhar um processo desde a sua idealização até os resultados. Mas o processo não termina, por isto é chamado de “o ciclo de Deming”, pois está em constante movimento e melhoramento.

Para entender melhor

Desde que Frederick W. Taylor, Henri Fayol e Max Weber começaram a estudar os modelos clássico, científico e burocrático da Administração, os líderes empresariais procuram, até hoje, novas formas de produzir mais, com uma melhor qualidade e com menor custo de produção. O PDCA surge neste contexto, pois vem auxiliar na organização das tarefas de gestão de praticamente qualquer empresa ou setor produtivo.

Servindo-se deste fato, fique a vontade para associá-lo e aplicá-lo no seu emprego, negócio, blog, site, etc. Enfim, o PDCA trata-se de um modelo universal e útil para qualquer atividade. Por mais simples que esta possa parecer. Vejamos:

P (plan) – Planificar

  • Este é o primeiro passo, nele surgem as ideias, metas e objetivos.  Levantam-se os cálculos de custos, despesas, tempo disponível e a confecção dos planos B, C, D, E… no caso de algo não sair como o esperado. Neste ponto é importantíssimo identificar os problemas, recolhendo e analisando os dados e obstáculos, encontrando as soluções mais apropriadas.

D (do) – Executar

  • Sair do papel, literalmente. Levar a cabo o que foi previamente planificado obedecendo as regras, prazos e metas estabelecidos para cada objetivo traçado.

C (check) –  Verificação

  • Verificar, monitorar e avaliar o andamento do processo de execução, identificando possíveis falhas e os resultados obtidos. É imprescindível  trabalhar com relatórios e levar o controle cronológico e subsequentes de todos os fatos e atos que influenciaram no processo até aqui.

A (act) – Agir

  • Considerar as informação nos relatórios citados no passo anterior e, se preciso for, rever o planejamento, corrigir as falhas e aplicar novos modelos que visem melhorar a qualidade.

Na vida Real

Tudo o que foi referido até aqui é perfeitamente aplicável em praticamente todos os aspectos no nosso dia a dia, inclusive nos pessoais. Vamos imaginar as metas  mais básicas de um blogueiro, por exemplo. Suponhamos que queira dobrar a audiência do seu blog. Para aplicar o PDCA, o blogueiro deverá fazer-se as seguintes perguntas:

  • Quantos posts e com que frequência devo escrever no espaço de um mês?
  • Qual o tema do meu blog e o público que pretendo atingir?
  • Meu layout agrada?
  • Quanto tempo livre e quantos colaborados tenho para trabalhar no blog?
  • Estou divulgando corretamente?

Suponhamos de que chegue à seguinte conclusão:

  • Devo escrever três vezes por semana.
  • O assunto será o relacionamento  entre pais e filhos adolescentes.
  • O público é de classe média e alta de entre 12 e 45 anos de idade.
  • Meu layout pode (e deve) melhorar.
  • Tenho aproximadamente dez horas disponíveis semanais para escrever.
  • Devo obter mais influência nas redes sociais da Internet e investir nas ferramentas de busca.
  • E ainda não tenho colaboradores.

Pois bem, embasados nestes dados, traça-se o seguinte plano:

  • Fazer as alterações pertinentes no site (se for preciso, contratar um profissional).
  • Dedicar as segundas, quartas e sextas-feiras  para escrever (em média três horas por cada um destes dias).
  • Pesquisar temas relacionados a adolescentes e seus pais. Entrevistar profissionais da área como psicólogos, professores, religiosos, etc.
  • Fortalecer a presença no Facebook, Twitter, Linkedin, Orkut e/ou contratar algum serviço como o Adwords, por exemplo.
  • Procurar contatar quem tenha  afinidade com o tema e conquistar pelo menos três colaboradores que me ajudem nas postagens, nas respostas e na manutenção do site.

A execução é a posta em prática do planejamento com prazos bem definidos e limitados. Aqui, neste ponto, deve-se observar que de acordo com o planejamento o prazo pode variar de curto a longo, o que exigirá paciência, disciplina e autodeterminação por parte do empreendedor.

Logo de um período preestabelecido, começa-se a Verificação. As consultas no Analytics e no Webalizer ou Awstats do Cpanel são obrigatórias e frequentes. A opinião dos meus visitantes importa muito, por isto, através de e-mail, faço pesquisas junto a eles relacionadas ao blog e ao seu conteúdo e com isto obtenho informação adicional sobre os resultados reais do blog.

A Ação vem a partir dos resultados obtidos. Se foram bons, ótimo! Em que podemos melhorar? Se foram ruins, algo falhou. O que? Quem? Quando? Estou utilizando as palavras-chave corretas no blog? O conteúdo é pobre? O que sucede? É preciso agir a tempo, antes de que o blog caia na inércia e fiquemos a esperar vencer o prazo de contratação do domínio e do hosting para abandonar o projeto definitivamente.

O ciclo não termina aqui, pois quando tivermos chegado aos nossos objetivos satisfatoriamente, deveremos traçar outros maiores e mais ousados. Lembre-se de que se não nos mexermos, seremos atropelados pela concorrência.

Assim como pudemos constatar juntos neste post, existem técnicas que nos podem ajudar-nos a obter os resultados que desejamos. O PDCA, longe de ser um via de regra é uma destas técnicas que nós, os humanos no seu conjunto geral, inventamos/descobrimos com o intuito de atingir nossas metas e objetivos de modo eficiente e eficaz.

Deseja agregar algo a mais? Utilize o campo de comentários abaixo!

About Antonio Martins Jr.
Fundador e gestor do blog Enfoquenet. Bacharel em Administração de Empresas. MBA em Gestão Estratégica. Autodidata na maior parte do tempo. Webdesigner, com ênfase no WordPress desde o início do século. Aficionado em fotografia e jardinismo.

No Comments

Trackbacks/Pingbacks

  1. Beleza, já é segunda-feira! | Enfoquenet - [...] É óbvio que eu não inventei estes pontos, foi Walter A. Shewhart que criou o sistema chamado PDCA (siglas …
  2. Beleza, já é segunda-feira! | Blog - Blogosfera Brasil - [...] É óbvio que eu não inventei estes pontos, foi Walter A. Shewhart que criou o sistema chamado PDCA (sigles …

Comente o post!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *