Menu de Páginas do Blog

Gestão | Empreendedorismo | Carreira

Cinco coisas que aprendi sobre o que um freelancer deveria fazer para diminuir seus riscos

Publicado por em 10/12/15 em Cinco coisas, Freelance | 0 comments

Certamente há dezenas de coisas que um freela pode fazer para reduzir seus riscos e proteger-se melhor em seu turbulento ambiente de trabalho. As que menciono à seguir, talvez façam parte do pelotão de frente das ações que qualquer profissional liberal deveria providenciar já, para tratar de minimizar as suas eventuais turbulências no curto e médio prazo. Estabilidade profissional Melhorar o currículo e investir em capacitação continua é indispensável para um freelancer que se preze. Porquê? Já escrevi aqui sobre isso antes. Dê uma olhada no post “Por que um freelancer deveria investir na formação contínua?” Diversificar a carteira Há um grande problema recorrente nas pequenas empresas e com os pequenos empreendedores: a dependência de apenas um ou dois clientes como fonte de receitas. Erro grave. Às vezes, involuntário. Porém, quase sempre, evitável. Concentrar uma carteira de clientes em poucas opções pode gerar sérios...

Continue lendo

O fracasso brasileiro de Henry Ford

Publicado por em 25/11/15 em Administração | 0 comments

Toda empresa séria(pequena ou grande) precisa do especialista certo na hora certa, visando sempre a competência adequada para servir ao mercado da melhor forma possível e, desta forma, obter-se o resultado esperado da sua atividade empresarial. Todo empreendedor deveria saber disso. Mas, por incrível que seja, os erros nas tomadas de decisão ainda são uma constante nas empresas do século XXI. Isto pode resultar em desperdício de recursos(gente, tempo, dinheiro) e na ineficiência das operações. E não é só gente comum que comete este tipo de erro. Neste post veremos que os gênios e os grandes também podem errar. E, quando erram, erram feio. O case da cidade fantasma de Ford Pois bem, lá no final do anos 20, Henry Ford, o dono da maior e mais completa empresa que o mundo já havia visto, detinha todo o processo...

Continue lendo

Circular a informação na empresa importa, muito!

Publicado por em 27/10/15 em Administração | 0 comments

Sem delongas, neste post eu chamo a atenção para o seguinte: Informações que os funcionários precisam saber Seria interessante que os funcionários(novos e antigos) recebessem, pelo menos, três manuais. De preferência no ato da contratação. São estes: Um descritivo da profissão, da empresa, da posição que ele vai trabalhar e os preceitos mínimos para ele desenvolver a função. Mas não somente entregar para o funcionário, é preciso ler com ele, sabatiná-lo, investir ao menos uma semana nessa preparação. O segundo, o da EPI (Equipamentos de Proteção Individual), para ele conhecer mais sobre a importância da adequada utilização destes equipamentos e sobre como eles podem garantir a sua segurança no trabalho. Inclusive, para que ele aprenda sobre as consequências da não utilização deste material, tanto para ele quanto para a empresa. E o terceiro, a CLT, para o funcionário estar...

Continue lendo

Cinco coisas que aprendi sobre escrever posts

Publicado por em 12/10/15 em Blogs e sites, Cinco coisas | 0 comments

Desde que escolhi a escrita como forma para transmitir conhecimentos, aprendi alguns truques sobre a definição dos objetivos de textos feitos para internet e, também, como facilitar a leitura para os nossos visitantes, simples e organizadamente. Eis alguns: 1. Escrever para pessoas ou para robôs Dependendo de qual seja a sua estratégia online, você pode escrever para pessoas(quando apenas deseja transmitir conhecimentos) ou para robôs(quando o objetivo é gerar alguma renda com os cliques em anúncios). Se você escreve para pessoas, certamente se preocupará em focar no conteúdo do texto, transmitindo o máximo de informações úteis possível, sem ser repetitivo e nem cansativo e, muito menos, sem parecer um chato intelectual. Seu texto deve original(ou seja, criado e escrito por você), também deve ser organizado e de fácil compreensão. Agora, se você pretende tentar ganhar algum dinheiro online, seus...

Continue lendo

Resenha do livro História da Riqueza do Homem

Publicado por em 25/09/15 em Resenhas | 0 comments

Primeiro, este é um livro de História. Desculpe-me a redundância com o título. Mas isso deve ficar claro. Indicadíssimo para historiadores, economistas e administradores, entre outros. A experiência A melhor forma de começar este texto é afirmar que o autor de História da Riqueza do Homem, Leo Huberman, nos convida a aprender sobre o hoje analisando o ontem. Portanto, prepare-se para uma viagem no tempo. A leitura nos transporta às antigas terras dos senhores feudais, onde somos colocados no centro do conflito de interesses que sempre existiu entre estes e seus servos. Ao longo do livro, sentimos na pele como estes conflitos influenciaram nas relações entre os reis e seus súditos, entre os mestres e seus alunos, entre a burguesia e o proletariado. Nesta experiência, incorporamos a época e nos encontramos trabalhando duramente, para ficarmos apenas com uma pequena...

Continue lendo

9 de Setembro: Dia do Administrador

Publicado por em 09/09/15 em Administração, Opinião | 0 comments

No dia 9 de setembro de 1965, há 50 anos da publicação deste post, regulamentava-se a profissão de Administrador. Por isso o 9 de setembro ficou estabelecido como o Dia do Administrador. Atualmente no Brasil, há quase 18 milhões de empresas em diversas categorias: Empresário Individual, Sociedade Empresária Limitada, Associação Privada, Produtor Rural, Sociedade Simples Limitada, Empresa Individual De Responsabilidade Limitada (De Natureza Empresária), Condomínio Edilício, Sociedade Anônima Fechada, Organização Religiosa, Sociedade Simples Pura. O problema é que somente há, aproximadamente, 1.6 milhão de Administradores facultados para o cargo. Falta Administração Em resumo, mais de 16 milhões de empresas brasileiras são administradas empiricamente. Claro, isso não significa que sejam mal administradas. Mas o alto índice de mortalidade empresarial, cada vez mais cedo, assusta. O Sebrae conclui que, pelo menos, metade das novas empresas declaram falência aos dois anos de...

Continue lendo

Como registrar a sua marca e garantir a vantagem competitiva

Publicado por em 08/09/15 em Ferramentas, Marketing empresarial | 0 comments

Definitivamente, precisamos conversar sobre o registro da sua marca. Este post está dividido em duas partes objetivas: na primeira, vamos entender o porquê de registrar uma marca e a sua importância. Na segunda, vou mostrar como foi o meu passo a passo para registrar uma marca e um pouco da minha experiência/penitência até concluir o processo. 1. Porque registrar uma marca Vamos começar assim: O que é uma marca? É um sinal aplicado a produtos ou serviços, cujas funções principais são identificar a origem e distinguir produtos ou serviços de outros idênticos, semelhantes ou afins de origem diversa. A marca pode ser: Nominativa: apenas texto; Figurativa: apenas figuras; Mista: texto e figuras na mesma imagem.   Por que registrar a sua? Primeiro: porque a sua marca será um ativo invisível para você ou para a sua empresa. Segundo: juridicamente,...

Continue lendo

Resenha do livro A Cauda Longa

Publicado por em 04/09/15 em Ferramentas, Resenhas | 0 comments

No livro, Cris Anderson, editor-chefe de algumas importantes revistas nos Estados Unidos, sintetiza de forma objetiva e bem explicada o conceito de marketing conhecido como a Cauda Longa. Análise da Cauda Longa Em um principio, o autor analisa o fenômeno que faz com que apenas alguns produtos (a minoria) tenham maior evidência nas prateleiras das lojas e supermercados e, portanto, sejam mais vendidos, enquanto outros (a maioria), apesar de não conseguirem chegar ao topo da lista de consumo ou nos melhores espaços das prateleiras, sejam amplamente consumidos quando colocados à disposição de nichos cada vez mais segmentados do mercado. A título de exemplo, a análise de Anderson destaca, na maior parte do livro, o mercado discográfico. Porém, também faz referência a grandes atacadistas, programas de televisão estadounidenses, sites da Internet etc. Desta forma, o autor contribui com a popularização do...

Continue lendo

Pequena empresa: Sua saúde financeira e a crise econômica

Publicado por em 01/09/15 em Administração, Finanças empresariais | 0 comments

Uma empresa de pequeno porte, em tempos de crise, possui vantagens e desvantagens. Vantagens porque, quando o seu tamanho reduzido é acompanhado de boa gestão, terá certa flexibilidade para adaptar-se aos momentos difíceis. Isto lhe confere agilidade para esquivar-se de problemas maiores que certamente virão pela frente; E desvantagens porque o seu pequeno porte, independentemente da sua gestão, lhe provocará sérias limitações financeiras. Neste caso, o seu maior desafio passa a ser o de gerar receita suficiente no curto prazo, para apagar rapidamente seus incêndios financeiros que, inevitavelmente, irão surgir. Para ilustrar o que foi dito acima, imagine-se nas seguintes situações: 1. no comando do maior avião comercial do mundo, totalmente lotado; 2. no comando de um pequeno monomotor com somente dois ocupantes. Agora pense: Em qual destes dois casos você se sentiria mais confortável para realizar uma manobra...

Continue lendo

Benchmark: melhoria e aprendizado para atingir a Excelência

Publicado por em 23/08/15 em Administração, Ferramentas | 0 comments

Há vasto material e muitas definições para o Benchmark. De uma forma simplificada, ele consiste numa técnica de pesquisa de melhores práticas, que conduzem a um desempenho superior e que visa, principalmente, duas coisas: aprender e melhorar. Aprender, porque: uma vez que vamos a campo verificar, estudar, analisar e comparar o que a concorrência oferece com o que nós oferecemos, acabamos aprendendo por observação macetes, truques e a melhor aplicação das nossas próprias técnicas; Melhorar, porque: este contato direto com o nosso mercado, pode nos apresentar novas oportunidades, nos dar idéias inovadoras, novos conhecimentos e melhoria dos nossos processos, entre outros benefícios. Porém, não se deve confundir esse processo de aprendizado e melhoria com plágio. Copiar o que os outros fazem, somente por copiar, de forma desleal, para arrebatar-lhes uma fatia do mercado, é feio. Antiético. Em muitos casos,...

Continue lendo