Menu de Páginas do Blog

Foco no Empreendedorismo em Rede

Empreender exige mais que boas ideias e muita força de vontade

Além da criatividade e da predisposição para trabalhar muito, o ‘conhecimento’ é fundamental e indispensável para aumentar nossas chances de vencer na vida. Refiro-me às habilidades técnicas e conceituais obtidas através do estudo, da leitura, da prática e de muito foco.

Deve ser por isso a diferença tão grande na realização de vida entre os sonhadores que sabem o que fazem e os meramente sonhadores. As histórias de êxitos e de fracassos costumam acompanhar esta estatística. Salvo raríssimos pontos fora da curva.

Desta forma, o conhecimento, ao lado de características como resiliência e perseverança, passa a ser um dos principais diferenciais entre a pessoa que vence e a que não.

A importância do Conhecimento no processo empreendedor

Geralmente, este processo ocorre da seguinte forma(mas não só):

  1. Em primeiro lugar tem-se uma ideia ou identifica-se uma oportunidade.
  2. Avalia-se o cenário e faz-se um estudo profundo, tanto do mercado quanto de sua capacidade de conseguir entrar nele. Neste caso, falamos propriamente sobre recursos disponíveis (financeiros, tempo, habilidades, equipamentos, etc).
  3. Se os dados do estudo forem favoráveis, estabelece-se um planejamento realista e bem feito(sem firulas). Os objetivos são traçados.
  4. Por último, a força de vontade e a mão na massa farão o resto.

Há algo em comum do primeiro ao quarto ponto dessa lista: a necessidade de conhecimento adequado para cada etapa. Você precisa saber onde e como encontrar uma oportunidade ou ter uma boa ideia. Precisa saber fazer um estudo de mercado(por mais simples que seja). Precisa saber fazer um planejamento sério e objetivo. Precisa saber fazer acontecer a coisa, para concretização da sua ideia.

Garantias de sucesso? Nenhuma. Mas com o conhecimento adequado e de posse dos recursos necessários, as probabilidades estão a seu favor.

Obtendo conhecimento

Na era da informação não é difícil obter o conhecimento. Você pode, por exemplo, tentar ser um autodidata e procurar sozinho todo o conhecimento de que precisa em livros, eventos, palestras, etc. Ou pode estudar muito e se diplomar em uma graduação na área desejada ou certificar-se em diversos cursos que existem por aí. De um ou de outro jeito, o importante é assimilar o conteúdo e levar o conhecimento obtido para o resto de sua vida. Aqui vale uma observação: há áreas que o diploma se faz necessário. Ninguém pode ser um médico sendo apenas um autodidata, por exemplo.

Talvez, lendo isto, você perceba que pode precisar saber muito mais do que sabe hoje, se quiser colocar em prática os seus planos de vencer na vida.

Outra opção é contratar alguém que tenha o conhecimento necessário. Mas isso infelizmente pode sair caro, e a realidade financeira da maioria dos empreendedores brasileiros talvez não lhes permita isto.

Em resumo, sem o conhecimento do que faz ou pensa fazer, não se pode ir longe nem com as melhores ideias, nem com a maior das disposições. Isso é tudo o que se precisa saber sobre a importância de se dedicar a aprender continuamente.

About Antonio Martins Jr.
Fundador e gestor do blog Enfoquenet. Bacharel em Administração de Empresas. MBA em Gestão Estratégica. Autodidata na maior parte do tempo. Webdesigner, com ênfase no WordPress desde o início do século. Aficionado em fotografia e jardinismo.

Comente o post!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *