Menu de Páginas do Blog

Gestão | Empreendedorismo | Carreira

Sua carreira está atualizada o suficiente para decolar?

Há um tempo, concluir os estudos na faculdade já era perfeitamente satisfatório para atingir as expectativas do mercado e, o restante dos “macetes”, o tempo e a experiência faziam o trabalho de ensinar.

Carreira

Os profissionais não tinham prazo de validade. O certificado de conclusão de curso fixado na parede do consultório médico, por exemplo, já era prova suficiente que aquele profissional estava completamente apto a atender com excelência seus pacientes. As oportunidades eram diferentes, a ciência e o tempo de disseminação do conhecimento eram mais lentos. Mas sabemos que esse cenário ficou no passado e hoje o panorama está totalmente diferente.

Com que frequência você busca atualizações profissionais? Até que ponto você acredita que procurar saber tudo o que acontece na sua área é realmente importante? Se isso não está na sua lista de prioridades, sinto em te dizer, mas você não está construindo uma carreira sólida da maneira certa.

Há um tempo, concluir os estudos na faculdade já era perfeitamente satisfatório para atingir as expectativas do mercado e, o restante dos “macetes”, o tempo e a experiência faziam o trabalho de ensinar.

Os profissionais não tinham prazo de validade. O certificado de conclusão de curso fixado na parede do consultório médico, por exemplo, já era prova suficiente que aquele profissional estava completamente apto a atender com excelência seus pacientes. As oportunidades eram diferentes, a ciência e o tempo de disseminação do conhecimento eram mais lentos. Mas sabemos que esse cenário ficou no passado e hoje o panorama está totalmente diferente.

A velocidade das mudanças, o desenvolvimento da tecnologia e a tão falada globalização modificaram, ou melhor, modificam o ambiente de trabalho constantemente provando por A mais B que os estudos não são apenas uma etapa da vida, mas sim um eterno companheiro por toda a carreira.

Buscar aperfeiçoamento profissional vai além de preencher títulos curriculares, tornou-se condição natural do mercado para manter-se vivo e ativo. Completamente cientes desse processo, as empresas devem tornar-se aliadas a todo esse movimento. Criação de espaços educacionais voltado para as práticas empresariais está cada vez mais comum (na verdade, cada vez mais necessário).

Profissionais despreparados e desqualificados, mesmo com o registro da universidade, estão chegando aos montes nas empresas, que por sua vez, precisam oferecer condições para que a organização não se transforme um filme em câmera lenta no que se diz respeito em evolução profissional. Empresas pequenas que não contam com grandes orçamentos para criar uma Universidade Corporativa ou um centro próprio de treinamento, podem sim colaborar com a prática de aperfeiçoamento contínuo de seus colaboradores com parcerias ou convênios com instituições de ensino, além de ações de incentivo a educação profissional.

Hoje, o mercado exige uma nova postura dos profissionais. Agora, não basta apenas aplicar esforços no início da carreira, é necessário compreender que a atualização é uma disciplina obrigatória e o conteúdo dependerá dos objetivos de desenvolvimento de carreira, das oportunidades de mercado e da auto-realização de cada um.

Fontewww.essenciacao.wordpress.com

About Mariana Melissa
Graduada em Gestão de Recursos Humanos, descobriu o Endomarketing e o poder da Comunicação Interna. Porém, descobriu também que somente a faculdade não seria suficiente e, partir daí, começou um trabalho de pesquisas e fundamentações teóricas sobre o tema. Já trabalhou com Recursos Humanos, Comunicação Interna e Endomarketing. Atualmente está imersa nos projetos do Ideia de Marketing atuando como produtora de conteúdo, gestão de pessoas e gestões de projetos.

Comente o post!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *