Menu de Páginas do Blog

Gestão | Empreendedorismo | Carreira

Técnicas para melhorar a comunicação

É quase impossível executar uma tarefa em comum sem que haja um entendimento entre os executores. Talvez seja por isso que a comunicação é uma das principais atividades humanas. Mas, não pense que é fácil fazer uma boa comunicação: ela somente termina quando há entendimento, aceitação e ação resultante do assunto comunicado.

Dicas para uma boa comunicação

1. Comunicar com energia, vitalidade e entusiasmo

Isto ajudará a captar a atenção dos ouvintes. A energia pode ser transmitida através do tom de voz, gestos, olhar e movimentos.

2. Ser simpático, agradável e cativante

Estas são as principais características da boa comunicação. Elas proporcionam segurança na hora de comunicar.

3. Estar preparado para tudo

Não é preciso parecer um “sabe tudo”. Mas os ouvintes precisam sentir segurança no que está sendo dito.

4. Estar confortável

Desta forma, os ouvintes também se sentirão à vontade ao escutá-lo.

5. Compromisso

As pessoas precisam perceber o quanto você leva a sério o que está falando.

6. Ser interessante

Alguém interessante somado ao domínio de vários assuntos, transmite maior energia.

7. Utilizar a voz como instrumento

Isto significa: olhar para todos, pronunciar corretamente as palavras e manter o tom de voz adequado.

8. Falar com propósito

A fala deve ter começo, meio e fim. As pessoas precisam seguir um raciocínio, que lhes facilitará o entendimento.

9. Autoanálise

Preste atenção ao seu corpo, ouça o que você fala, observe sua postura e gestos, mantenha contato visual com as pessoas, olhe somente para os olhos delas.

Cuidados essenciais com a comunicação

Todos nós temos uma vida profissional, social e pessoal. Portanto, devemos saber o tipo adequado de comunicação em cada situação. Por exemplo: Não é recomendável que um profissional de destaque se comunique utilizando gírias e bordões na empresa.

No ambiente profissional, utilize somente a linguagem culta, formal, clara e objetiva. Mas é claro, sem exageros, pois haverá momentos de descontração, onde os bordões e as gírias serão necessárias. Contudo, inclusive nestes momentos, a linguagem menos formal deve ser controlada para não extrapolar os limites. Assim, evitamos o possível constrangimento em algum dos ouvintes.

As palavras de baixo calão e/ou palavrões devem ser eliminados do seu linguajar, independentemente da ocasião. Esta prática é uma prova de desrespeito aos seus colegas de trabalho e pode incomodar alguém com valores distintos.

O tom de voz é importante: se for alto demais, pode incomodar; se for baixo demais, alguém pode não escutar.

Dados curiosos sobre a comunicação

  • O nosso aprendizado é: 20% ouvindo, 80% vendo.
  • Nós sempre lembramos de: 20% do que ouvimos, 50% do que vemos e ouvimos, 80% do que vemos ouvimos e participamos.

As cores também têm a função de comunicar, veja alguns exemplos:

  • Vermelho: estímulo, calor;
  • Azul: acalma, confiabilidade;
  • Amarelo: atenção, apreensão, fome;
  • Verde: crescimento, natural, saúde;
  • Cinza: estabilidade e neutralidade;
  • Branco: tranquilidade, clareza, paz;
  • Preto: estilo, suspense;
  • Marrom: clássico;

Seja com a voz, com a escrita, com as cores ou com os gestos, saber comunicar-se adequadamente pode nos render pontos preciosos, para a construção do nosso marketing pessoal.

Leias mais sobre este assunto:

About Antonio Martins Jr.
Fundador e gestor do blog Enfoquenet. Bacharel em Administração de Empresas. MBA em Gestão Estratégica. Autodidata na maior parte do tempo. Webdesigner, com ênfase no WordPress desde o início do século. Aficionado em fotografia e jardinismo.

Comente o post!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *